Direito Processual Penal

A INVIOLABILIDADE DOS VEREADORES Ricardo Henrique Arruda de Paula A aplicação da Lei Processual Penal é dividida em três momentos: Prima facie, segundo o tempo (vige o Princípio do efeito imediato - tempus regist actum), Secudum, a Lei Penal no Espaço (Princípio da territorialidade) e, tercium,...

Leia mais

A COMPETÊNCIA RELATIVA NO PROCESSO PENAL Arnaldo Siqueira de Lima O Código de Processo Penal em vigor não trouxe regras claras sobre competência relativa e absoluta, como fez o de Processo Civil. O teor do art. 108 do CPP induz o leitor a raciocinar com competência...

Leia mais

TESES POSSÍVEIS NO TRIBUNAL DO JÚRI James Corrêa Caldas A quantidade e a natureza de teses defensivas no Tribunal do Júri são limitadas pela própria lei penal, associada às construções jurisprudenciais e doutrinarias. Assim, temos teses que absolvem, que diminuem a pena e que a elidem....

Leia mais

DENÚNCIA - REQUISITO MATERIAL Luiz Vicente Cernicchiaro A denúncia reclama indicação do fato delituoso. Formalmente, os requisitos estão postos no art. 41, do Código de Processo Penal. Constituem exigência de preservação do contraditório e oportunidade para efetivar-se o exercício do direito de defesa. Não configuram, portanto,...

Leia mais

A PROVA NO DIREITO BRASILEIRO Aldo Batista dos Santos Junior I - A Prova no Direito Brasileiro O significado da Prova vem do latim proba, de probare que entende-se por demonstrar, reconhecer, formar juízo. No sentido jurídico a palavra denomina a demonstração que se faz, pelos...

Leia mais

INCOMUNICABILIDADE E INQUÉRITO POLICIAL Arnaldo Siqueira de Lima O legislador processual penal de 1941 ditou normas regulamentadoras do sigilo e da incomunicabilidade do preso no inquérito policial (arts. 20 e 21 do CPP). Ocorre que a Constituição de 1988, ao tratar do estado de defesa, foi...

Leia mais

JUIZADOS CRIMINAIS E O CRIME ORGANIZADO Luiz Flávio Gomes No dia 26 de maio, por determinação da Lei n. 9.099/95, expirou o prazo para a instalação em todo o país dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais. A grande maioria dos Estados, por inúmeras razões, não cumpriram...

Leia mais

FASE PROBATÓRIA NO PROCESSO PENAL Guilherme Fernandes Neto Não obstante os esforços de todos os Poderes da República no combate à criminalidade, é visível a forma pela qual cresce a certeza da impunidade dos criminosos comuns e de colarinho branco, especialmente destes últimos, cujo sentimento vige...

Leia mais

TESTEMUNHA HOMOSSEXUAL Luiz Vicente Cernicchiaro O homossexual, porque homossexual, a ‘‘garota de programa’’, porque garota de programa, assumem o risco da reação das normas de cultura. Cumpre, no entanto, não afastá-los da proteção da órbita jurídica quando se faz esforço para a isonomia não ser meramente...

Leia mais

O INTERROGATÓRIO A DISTÂNCIA Luiz Flávio Gomes O militante na Justiça criminal sabe muito bem que, na prática, uma vez constatada a inexistência dos pressupostos autorizadores da prisão cautelar, alguns magistrados só concedem a liberdade provisória ao preso depois do interrogatório. Essa tendência irá se incrementar,...

Leia mais

DO INSTITUTO DA PRESCRIÇÃO PENAL Andréa Martins Tourinho e Cristiane Müller Dantas 1. ORIGEM HISTÓRICA: Constitui-se a prescrição penal um dos modos de extinção da punibilidade, prevista no Código Penal, art. 107, IV. Origina-se do termo latino praescriptio derivada do verbo prescrever, significando um escrito posto...

Leia mais

VÍCIOS DO INQUÉRITO MACULAM AÇÃO PENAL Arnaldo Siqueira de Lima É dever do Estado investigar as infrações penais e punir os infratores. Dever esse visualizado nos princípios da obrigatoriedade e da oficialidade, os quais sedimentam os órgãos da persecução penal, que é una, mas, por conveniência...

Leia mais

A EFETIVAÇÃO DO INQUÉRITO POLICIAL Bartolomeu Araújo A Constituição cidadã (assim definida pelo saudoso Ulysses Guimarães) estabelece em seu art. 144, § 4º, que as polícias civis serão dirigidas por delegados de polícia de carreira. A eles incumbe o comando das investigações para a apuração das...

Leia mais

TAREFA DO PROMOTOR Marcelo Mendroni Imagine-se, hoje, um empresário que não acompanha as etapas da produção do seu produto. Mesmo sabendo dos baixos índices, contenta-se com a ineficiência e não exerce nenhum controle. Transporte-se esse raciocínio para a atividade processual penal. O promotor que descuida da...

Leia mais

NOVO CONCEITO DE INQUÉRITO POLICIAL Arnaldo Siqueira de Lima A Constituição Federal promulgada em 1988 trouxe profundos reflexos no ordenamento jurídico brasileiro. Criou, modificou e extinguiu conceitos. Talvez o Direito Processual Penal tenha sido a ciência mais atingida nesse contexto, mormente no que tange à persecução...

Leia mais

PRAZOS PARA CONCLUSÃO DE INQUÉRITO POLICIAL Arnaldo Siqueira de Lima É cediço o direito/dever do Estado em perseguir o infrator da norma penal. Não é de menos conhecimento que, durante a persecução, o mesmo Estado deve zelar pelos direitos e garantias individuais do indivíduo, entre eles...

Leia mais
Página 2 até 3 1 2 3

Últimos Cartórios